anterior anterior

I. O que é Fator de Toxicidade (FT)?

Para ensaios de toxicidade aguda, o Fator de Toxicidade (FT) já foi considerado a principal forma de expressão dos resultados no Rio Grande do Sul. Esta unidade representa quantas vezes o corpo receptor precisaria diluir o efluente para este deixar de ser tóxico para os organismos. Um efluente que, por exemplo, apresente um FT = 16, se ao chegar ao corpo receptor, não for diluído mais de 16 vezes, poderá causar mortalidade aos organismos ali presentes. Já um efluente que apresente um FT = 1, não apresenta toxicidade aguda na sua forma integral, mesmo que não seja diluído pelo corpo receptor. Com a revogação da Resolução CONSEMA 129/06 o atendimento aos padrões de toxicidade passaram a ser baseados tanto nos valor de FT quando de LC50.

Voltar